Agro será maior beneficiado com 5G, diz ministro

//Agro será maior beneficiado com 5G, diz ministro

De acordo com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, o setor do agronegócio será o maior beneficiado com a tecnologia do 5G, informou a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Segundo o portal AgroLink o ministro garantiu que a internet das coisas estará disponível em todos os 26 estados e o Distrito Federal até junho de 2022. Segundo o ministro, o edital para o leilão do 5G foi aprovado em 25 de fevereiro pelo Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e encaminhado para análise do Tribunal de Contas da União. “Estamos a cerca de 100 dias para que ocorra o leilão do 5G no país. As teles que vão participar são a Claro, a Vivo e a TIM”, disse. Além disso, ele reforçou que o governo tem compromisso com a celeridade nas etapas do leilão do 5G e que o agronegócio será o maior beneficiário com a conectividade no país. “Para expandir a conexão no Brasil, o ministério definiu que todas as localidades com mais de 600 habitantes devem receber, no mínimo, o sinal de 4G, de forma escalonada a partir do ano que vem até 2028”, completou. Além disso, também haverá investimento no programa Norte Conectado, estimado em R$ 1,5 bilhão, que atenderá cerca de 10 milhões de habitantes da região. “Hoje nós temos 16 mil localidades acima de 600 habitantes, desse total temos ainda cerca de 3500 localidades sem acesso à internet que vamos regulamentar a partir 2022”, indicou. “A conectividade está para a produção rural como a água e o sol, se demorar cinco a seis anos para chegar, a grande propriedade vai acabar comprando todas as outras e, com isso, gerar concentração de riqueza. Precisamos democratizar esse processo,” argumentou.

IBGE: São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná têm maior parcela do território com áreas agrícolas

São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná são os Estados com a maior parcela do território coberta por áreas agrícolas, como mostram os dados da pesquisa de Monitoramento da Cobertura e Uso da Terra do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) relativos ao ano de 2018. De acordo com o Valor Econômico com a maior produção agrícola do país, São Paulo tem 40,82% de sua superfície de quase 250 mil km2 ocupada por essas áreas. Destacam-se entre os primeiros do ranking nacional também Rio Grande do Sul (35,99%) e Paraná (35,92%). Já Goiás é o Estado com maior presença das pastagens com manejos, que representavam 44,79% do seu território em 2018. Essa participação expressiva não é um fenômeno recente, embora tenha avançado: já era de 39,28% em 2000. Mato Grosso do Sul e Rondônia são os outros dois Estados com maior parcela do território com pastagens, mas o movimento observado foi diferente no período entre 2000 e 2018. No Mato Grosso do Sul, essa parcela era de 41,98% em 2018, abaixo dos 43,78% de 2000. Já Rondônia viveu uma expansão significativa da fatia do território ocupado por pastagens, de 15,86% em 2000 para 29,85% em 2018. Amazonas permanece como o Estado com maior cobertura de vegetação florestal, com 91,71%, seguido por Acre (86,57%) e Amapá (78,57%). Apesar de se destacarem em 2018, os três Estados registraram perda de vegetação florestal frente a 2000, quando a parcela ocupada do território era de 92,98%, 91,98% e 79,91%, respectivamente. No caso da cobertura de vegetação campestre, o ranking é formado por Tocantins (61,73%), Piauí (58,72%) e Rio Grande do Norte (58,35%). A mesma tendência observada entre os líderes em vegetação florestal se repete: os três Estados tiveram retração frente a 2000, quando a parcela ocupada do território era de 70,50%, 62,81% e 63,23%, respectivamente.

Exportações do agronegócio cresceram 2,8% em fevereiro e somaram US$ 6,5 bilhões

As exportações do agronegócio somaram US$ 6,5 bilhões em fevereiro, alta de 2,8% em relação a fevereiro de 2020, segundo análise da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O superávit comercial do setor no mês passado foi de US$ 5,2 bilhões, informou o Valor Econômico nesta quarta-feira (16). No acumulado de janeiro e fevereiro, as vendas externas foram de US$ 12,1 bilhões. A soja segue como principal produto da pauta exportadora. Em fevereiro, a oleaginosa teve participação de 17,5% na receita total das vendas que renderam US$ 1,1 bilhão, mesmo com queda de 33,1% em relação ao mesmo mês de 2020. O segundo principal item nas exportações de fevereiro foi a carne de frango in natura, que caiu quase 7% em relação ao mesmo mês do ano passado. O volume dos embarques teve pouca variação, “o que indica que a alta do dólar no mês beneficiou o exportador brasileiro”, diz a CNA, em nota. Os aumentos mais expressivos nos embarques brasileiros na comparação com fevereiro de 2020 foram do milho (+158,2%), que passou de US$ 66,6 milhões para US$ 172 milhões em 2021, e do açúcar refinado (+95%), cuja receita cresceu de US$ 68,6 milhões para US$ 133,8 milhões. Com liderança folgada da China, que respondeu por 26% da pauta comercial do agronegócio brasileiro em fevereiro, os destaques para o crescimento das exportações na comparação com 2020 foram a Indonésia, com alta de 110,9%, e a Turquia (+44,1%).

Carne vegetal amplia mercado para produtor agrícola

A carne vegetal permite ao produtor agrícola conquistar novos espaços, destacou o G1 nesta terça-feira (16). Ela é uma opção de alimento para quem precisa substituir a proteína animal ou para variar o cardápio. Com ela, um hambúrguer, por exemplo, pode ser feito com grão-de-bico, ervilha, proteína de soja e beterraba, para dar a cor vermelha. A carne de soja tem mais de 50% de proteína. A ervilha e a beterraba têm fibras e sais minerais. Já o grão-de-bico é rico em potássio e fósforo.

NA IMPRENSA

Agência Senado – Agronegócio vai bem, mas ainda enfrenta gargalos, aponta Acir Gurgacz

Folha de S.Paulo – Cosan diz não ver mudança em políticas da Petrobras após anúncio de troca no comando

O Estado de S.Paulo – Pará é o Estado em que houve maior redução de área florestal desde 2000, diz IBGE

G1 – Carne vegetal amplia mercado para produtor agrícola

G1 – 23 suspeitos de sonegação de R$ 1 bilhão em impostos na venda de café são presos em operação

G1 – BA tem maior crescimento absoluto da área agrícola no Nordeste e fica em 6°no país entre 2000 e 2018

G1 – Barracão com máquinas agrícolas pega fogo em Ribeirão Branco

G1 – Operação desarticula organização criminosa que movimentou mais de R$ 500 mil em bens com furtos de veículos e máquinas agrícolas

Valor Econômico – Armazenar soja rendeu bons frutos em 2019/20

Valor Econômico – Área de extração de madeira cresce 60% em Mato Grosso

Valor Econômico – Polinutri cresce, mas custos pressionam

Valor Econômico – IBGE: SP, RS e Paraná têm maior parcela do território com áreas agrícolas

Valor Econômico – Cargill tem nova diretora financeira

Valor Econômico – Cofco vai fundir operações antes de entrada na bolsa

Valor Econômico – Lucro semestral da cooperativa Fonterra caiu 22%

Valor Econômico – Commodities: Queda de estoques americanos puxa alta do café em Nova York

Valor Econômico – Commodities: Milho sobe em Chicago; demanda chinesa sustenta preços

Valor Econômico – Restrições contra a covid-19 afetam vendas de alface, e preços caem no país, mostra Cepea

Valor Econômico – Exportações do agronegócio cresceram 2,8% em fevereiro e somaram US$ 6,5 bilhões

Valor Econômico – Desembolsos de crédito rural do Sicredi cresceram 26% nos oito primeiros meses desta safra

Mapa – Startups podem se inscrever para apresentar soluções de produção sustentável no maior evento mundial sobre sistemas ILPF

Mapa – Plataforma Renova Semiárido compartilha projetos de energias renováveis e sustentáveis

Embrapa – CNA e parceiros discutem ações de combate à cigarrinha do milho

Embrapa – FoodTech Expo tem edição on-line e discussões sobre proteínas vegetais

Embrapa – Método para monitorar colheita de soja evita desperdício bilionário no Paraná

Embrapa – Pesquisa identifica genes envolvidos na resistência ao mal-das-folhas da seringueira

CNA – CNA discute ações de combate à cigarrinha do milho e melhorias nos contratos de comercialização futura da soja

CNA – Com apoio da CNA, Monitor do Seguro Rural retoma reuniões em abril

SBA – Projeto do novo marco regulatório do gás é aprovado na Câmara

SBA – Movimento de alta nas cotações é interrompido e indicador do algodão cai 2,45%

SBA – Liquidez sobe no mercado de arroz, diz Cepea

SBA – Produção de petróleo e gás do Pré-sal representa 73% do total nacional em fevereiro; maior percentual registrado

SBA – Plataforma auxilia produtores do semiárido a encontrar alternativas de energia renovável

AgroLink – Exportações de mamão aumentaram em fevereiro

AgroLink – Colheita do milho avança bem

AgroLink – Gigante agro abre 120 vagas de estágio

AgroLink – Movimento de alta nos preços do algodão é interrompido

AgroLink – Colheita de soja avança para 53,3%

AgroLink – Safra de arroz será menor que a passada

AgroLink – Redução de ICMS para aviação é prorrogada

AgroLink – Agro será maior beneficiado com 5G, diz ministro

AgroLink – Milho valorizou 115% em um ano no Mato Grosso

AgroLink – Contratos futuros do açúcar fecham em alta em Nova York; etanol cai 3,23%

AgroLink – Mapa e UFV oferecem cursos para agricultores familiares

AgroLink – Mercado do trigo tem distinções entre estados 

AgroLink – Cultivo de abóboras garante o aproveitamento dos frutos em diversas receitas

AgroLink – Com apoio da CNA, Monitor do Seguro Rural retoma reuniões em abril

Canal Rural – Governo de SC irá investir R$ 24 milhões para incentivar cultivo de grãos

Canal Rural – Soja: produtores de MT têm perdas de R$ 1,3 bilhão com excesso de chuva, diz Imea

Portal do Agronegócio – Emater-MG realiza seminário virtual sobre o uso de dados no setor agropecuário

Portal do Agronegócio – Sicredi está entre as instituições que mais liberaram recursos ao agronegócio, segundo rankings do BNDES e FEBRABAN

Portal do Agronegócio – Reino Unido segue exemplo brasileiro ao adotar combustível renovável

Portal do Agronegócio – “O Agronegócio será o maior beneficiário com o 5G,” diz ministro das Comunicações Fábio Faria

Portal do Agronegócio – Exportações do agronegócio atingem US$ 6,5 bilhões em fevereiro

Portal do Agronegócio – Agricultura regenerativa: é possível produzir alimentos e contribuir à saúde do meio ambiente

Revista Globo Rural – Produtor já vendeu 28% da safra de café, de acordo com a Safras & Mercado

Revista Globo Rural – Soja em Mato Grosso teve perdas de R$ 1,3 bilhão por excesso de chuva

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »