MINISTRA AFIRMA EM NOVA YORK QUE AGRONEGÓCIO BRASILEIRO PRECISA DE MAIS INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA

//MINISTRA AFIRMA EM NOVA YORK QUE AGRONEGÓCIO BRASILEIRO PRECISA DE MAIS INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA

A ministra Tereza Cristina disse a investidores e executivos de grandes empresas, na quarta-feira (20), em Nova York, que a iniciativa privada terá papel fundamental para aumentar os investimentos no Brasil. De acordo com o portal do Mapa, em evento promovido pelo Banco do Brasil e pela Brazilian American Chamber of Commerce, ela afirmou que o agronegócio brasileiro precisa urgentemente de investimentos em infraestrutura, principalmente em ferrovias, hidrovias, rodovias, locais de armazenagem de produtos, irrigação e energia. “A agricultura brasileira está no caminho certo, mas o grande gargalo é a infraestrutura. É fundamental, para que o agronegócio continue sendo bem-sucedido e tenha competitividade nos mercados internacionais, que tenhamos (novos projetos de) ferrovias, hidrovias, rodovias, armazenagem, irrigação e energia”, disse a ministra.

 

Secretaria de Agricultura Familiar recebe reivindicações da FPA para o Plano Safra



O secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Fernando Schwanke, recebeu nesta terça-feira (19) documento com reivindicações da Frente Parlamentar de Agropecuária (FPA) para o Plano Safra 2019/2020. Conforme o portal do Mapa, entre as demandas estão a manutenção do cultivo do tabaco nas linhas financiáveis do Crédito Rural, investimentos no setor pecuário leiteiro para a modernização de equipamentos e instalações, ampliação de R$ 31 bilhões para R$ 32 bilhões da verba destinada ao Pronaf, aumento do teto para financiamento de investimento de R$165 mil para R$ 300 mil, além de desburocratização e flexibilização de fluxo para contratação de crédito fundiário. Fernando Schwanke recebeu a pauta das mãos do presidente do colegiado, deputado Alceu Moreira, e ressaltou que os pleitos irão se somar às propostas que a Secretaria vai apresentar ao Plano Safra. “Para o deputado Alceu Moreira, o Plano Safra é um instrumento do Governo fundamental para o amparo e o desenvolvimento dos agricultores familiares, que necessitam de apoio ao crédito, à regularização fundiária, além de garantia jurídica, segurança à safra e demais mecanismos que assegurem a renda do produtor”, destaca o portal.

 

Sementes geneticamente alteradas da soja ajudam a modernizar economia



O jornal Correio Braziliense destacou que Jacopo Ponticelli, professor-adjunto de finanças da americana Kellogg School, Bruno Caprettini, da Universidade de Zurique, e Paula Bustos, do Centro de Estudos Monetários e Financeiros da Espanha, resolveram analisar o impacto da cultura de soja geneticamente modificada na economia brasileira. Segundo o estudo, os efeitos econômicos do plantio não só foram positivos como se alastraram para os centros urbanos e áreas industriais. O resultado, portanto, se opõe ao que os especialistas convencionais imaginavam. Em 2003, o Brasil legalizou, em meio a uma enxurrada de protestos de ONGs e movimentos sociais, a semente de soja Roundup Ready (RR), desenvolvida pela Monsanto. Naquela época, como agora, a empresa era alvo de manifestações sob o argumento de que uma semente modificada poderia causar danos à saúde. Chamada de “Soja Maradona”, a semente foi criada com uma única missão: resistir a herbicidas. A soja geneticamente modificada alterou essa lógica. Antes dela, os agricultores não conseguiam controlar as ervas daninhas por meio da aplicação de herbicidas sem matar também as suas plantações. Como a Roundup Ready resistia aos produtos químicos, a limpeza dos campos para a retirada de ervas daninhas deixou de ser necessária. “Isso, por sua vez, permitiu a produção da mesma quantidade de soja em menos tempo e com um número menor de trabalhadores para realizar o serviço”, informa a matéria.

 

Porque o Brasil deveria se importar com a morte de abelhas



A morte de abelhas não é um fenômeno recente: é observada por pesquisadores ao menos desde a década passada. No entanto, nos últimos meses, a mortandade alcançou números alarmantes no Brasil. É o que informa o portal Climatempo. “A morte de abelhas não é só um risco para o Brasil, mas para o mundo todo. Quando se pensa em abelhas, se pensa em mel. O principal produto delas, porém, é a polinização”, afirma Fábia Pereira, pesquisadora da Embrapa na área de Apicultura. Apenas nos últimos três meses, 500 milhões de abelhas foram encontradas mortas por apicultores no país, segundo um levantamento feito pela ONG Repórter Brasil em parceria com a Agência Pública. A grande maioria dos casos foi registrada no Rio Grande Sul, seguido por Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Além da morte em massa de colmeias em apiários, cinco espécies nativas de abelhas estão ameaçadas de extinção. Além da agricultura, as abelhas são ainda agentes fundamentais para a polinização de florestas nativas. Seu desaparecimento poderia desencadear a morte de ecossistemas inteiros. Essa mortandade tem ainda potencial para impactar a economia brasileira. O país é o oitavo produtor mundial de mel e, em 2017, as exportações totalizaram 121 milhões de dólares. “A diminuição na produção diante da redução do número de colmeias resultaria numa queda nas vendas. Além disso, em caso de mortes causadas por agrotóxicos, resíduos destas substâncias possivelmente poderiam ser encontrados no mel, o que levaria compradores estrangeiros a rejeitarem o produto brasileiro”, afirma a notícia.

 

NA IMPRENSA

 

Embrapa – IFMA realiza oficinas de alimentos biofortificados em Caxias

 

Embrapa – Dia de Campo sobre ILPF encerra Projeto ABC Cerrados

 

Embrapa – Seminário reúne especialistas da Embrapa e iniciativa privada

 

Embrapa – Pesquisadores da Embrapa ministrarão curso sobre Controle Biológico de Pragas

 

Embrapa – Embrapa Cocais e Prefeitura de São Mateus iniciam discussão sobre cooperação técnica

 

Embrapa – Extrativistas discutem como acessar novos mercados para a castanha-do-brasil

 

Mapa – Secretaria de Agricultura Familiar recebe reivindicações da FPA para o Plano Safra

 

Mapa – Ministra afirma em Nova York que agronegócio brasileiro precisa de mais investimento em infraestrutura

 

Câmara dos Deputados – Câmara aprova texto-base de projeto que permite controle de aéreas por estrangeiros

 

Câmara dos Deputados – Plenário rejeita exigências sobre transporte aéreo não regular

 

Câmara dos Deputados – Plenário rejeita emenda que limitava controle de estrangeiros em companhias aéreas

 

Câmara dos Deputados – Rejeitada cota de 80% para contratação de brasileiros por companhias aéreas

 

Câmara dos Deputados – Rejeitada permissão para empresas aéreas empregarem apenas estrangeiros na tripulação

 

Câmara dos Deputados – Abertura de capital das empresas aéreas causa polêmica em Plenário

 

Câmara dos Deputados – CCJ aprova vigência mínima de dois anos para política rural

 

Câmara dos Deputados – Meio Ambiente elege Camilo Capiberibe e Carlos Gomes para vice-presidência

 

Câmara dos Deputados – Comissões aprovam convites para 15 ministros virem expor seus planos e dar explicações na Câmara

 

Senado Federal – CMA recebe sugestões para fiscalizar políticas públicas

 

Senado Federal – Secretário de Assuntos Fundiários critica Funai e defende mineração em terras indígenas

 

Senado Federal – CDR debate incentivos e desenvolvimento sustentável para a Amazônia

 

Senado Federal – Governo vai investigar estrangeiros que adquirem terras, diz presidente do Incra

 

Correio Braziliense – Piloto de Boeing apelou a manual antes de queda na Indonésia

 

Correio Braziliense – Sementes geneticamente alteradas da soja ajudam a modernizar economia

 

Folha de S. Paulo – Painel S.A. – Voo no Brasil demora 8% mais do que recomendam fabricantes de aviões, dizem aéreas

 

Folha de S. Paulo – Virgin estreia na América do Sul com voo São Paulo-Londres

 

G1 – Safra de trigo do Brasil pode ser a maior em 3 anos, diz FCStone

 

O Estado de S. Paulo – Número de mortes por dengue em SP já é quase 10 vezes maior do que em 2018

 

O Estado de S. Paulo – Ambiente-se – Desmatamento pode elevar temperatura na Amazônia em 1,45°C até 2050

 

O Estado de S. Paulo – Coluna do Broadcast – Dona de aviões da Avianca tem vitória e incentiva outras a pedir arresto

 

O Globo – A janela de oportunidade aberta pelos acidentes da Boeing

 

Valor Econômico – Cota que beneficiará trigo dos EUA gera mal estar na Argentina

 

Valor Econômico – Brasil não deve renovar cota de importação de etanol que beneficia EUA

 

Valor Econômico – Após não receber lances, Usina Guaxuma vai a segundo leilão

 

Valor Econômico – Biodiesel de óleo de palma deixa de ser renovável na União Europeia

 

Valor Econômico – Rede de cafeterias Santo Grão investe em torrefação

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Expoagro-Afubra inaugura pavilhão da agricultura familiar

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Integrantes da bancada ruralista dizem que desconforto com o tema China está superado

 

Zero Hora – Fabricante de máquinas agrícolas formará mão de obra no Paraguai

 

Climatempo – Por que o Brasil deveria se importar com a morte de abelhas

 

Mais Soja – Nufarm amplia soluções para controle de mosca-branca

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »