BRASIL REGISTRA 40 MIL CASOS DE INTOXICAÇÃO POR DEFENSIVOS AGRÍCOLAS EM UMA DÉCADA

//BRASIL REGISTRA 40 MIL CASOS DE INTOXICAÇÃO POR DEFENSIVOS AGRÍCOLAS EM UMA DÉCADA

O portal do G1 destacou que o agrotóxico é uma ferramenta de trabalho comum na agricultura, mas esses produtos podem ser perigosos e muitas vezes são usados de maneira errada. De 2007 a 2017, data do último levantamento oficial, foram notificados cerca de 40 mil casos de intoxicação aguda por causa deles. Quase 1.900 pessoas morreram. Segundo maior produtor de grãos do país, o Paraná é o estado com o maior número de casos relatados. Muitas comunidades paranaenses estão se organizando para tentar se livrar dos efeitos dos venenos agrícolas. Em alguns casos, ele chega pelo ar. “A gente sente o cheiro do veneno entrando pela janela”, conta Mauritânia Guedes, que mora em Luiziana. Na cidade cercada por lavouras, apenas a rua separa as casas da plantação em alguns bairros. Luiziana se tornou um dos primeiros municípios do Paraná a fazer valer uma lei que impõe regras para o uso de agrotóxicos ao redor da cidade. “A regra entrou em vigor no final de 2017 e determina que os agricultores que quiserem produzir perto de núcleos habitacionais têm que implantar “cortinas verdes”. O agricultor até pode produzir nesta área, desde que não use veneno”, destacou a matéria.

 

Mapa reúne especialistas para discutir aperfeiçoamento da meteorologia agrícola nacional



Foi realizada na sexta passada (29), em Campinas (SP), na sede na Embrapa Informática Agropecuária e na Embrapa Territorial, a segunda reunião do Grupo de Trabalho de Agrometeorologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Conforme o portal do Mapa, o Grupo, criado em 21 de fevereiro, pretende aperfeiçoar o fornecimento de informações direcionadas à meteorologia agrícola com o objetivo de diagnosticar e propor novas formas de atuação do Mapa nos serviços ao setor. A chefe-geral da Embrapa Informática Agropecuária, Silvia Massruhá, considera um importante avanço reunir diferentes instituições públicas e privadas com grande experiência nesta área. Pedro Loyola, diretor do Departamento de Gestão de Riscos da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Mapa afirmou que “o grupo de especialistas vai validar um relatório prévio do diagnóstico, que será utilizado para fundamentar as propostas e planos de ação para a melhoria dos serviços de meteorologia e monitoramento climático da agricultura”. “Essas informações meteorológicas e climatológicas são fundamentais para os produtores e para o funcionamento das políticas agrícolas, que oferecem ao produtor a possibilidade de mitigar riscos das perdas decorrentes de intempéries climáticas adversas”, informa a notícia.

 

Fronteira agrícola além da Linha do Equador



O sol nasceu para todos, mas dizem em Roraima que cada produtor tem o seu. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, cortado pela linha do Equador, o Estado tem, em média, uma hora e meia a mais de insolação por dia do que outras regiões produtoras. Isso significa mais fotossíntese e um desenvolvimento acelerado das plantas. Nessa última fronteira agrícola do País, terras custam cerca de um décimo do valor cobrado em regiões com agricultura desenvolvida e há variedades adaptadas das principais culturas. Por ter sua área cultivável no Hemisfério Norte, o plantio começa entre abril e maio, época na qual o restante do Brasil já colheu grãos e fibras. O produtor escapa do choque de oferta e de preços baixos. A estimativa é que entre 80 mil e 100 mil hectares sejam cultivados em Roraima com grãos na safra deste ano, área que deve dobrar até 2025. “A exportação da safra em Roraima é feita pelo terminal da Amaggi, em Itacoatiara (AM), a cerca de mil quilômetros de distância. O produto chega ao porto amazonense pela BR-174, rodovia com asfalto de boa qualidade. Mas o grande desejo dos produtores é que a BR-401, que liga Boa Vista a Lethem, na Guiana, tenha condições de tráfego nos 454 km não asfaltados no país vizinho e que os produtos saiam pelos portos locais”, afirma o jornal.

 

Governo vai realizar leilão de estoque de milho em 5 de abril

 

O Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (Ciep) decidiu, ad referendum, autorizar a venda por meio de leilão, de até 300 mil toneladas dos estoques públicos de milho. É o que informa o portal do Mapa. “A medida visa melhorar o abastecimento do grão principalmente para os pecuaristas, suinocultores e avicultores, uma vez que os preços da região estão elevados”, explica Eduardo Sampaio, secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A resolução do Ciep também fixa os Preços de Liberação de Estoques Públicos (PLE) para o milho armazenado no Mato Grosso em R$ 21,21/60 kg e em R$ 25,10/60 kg para os estados do Centro-Sul, exceto Mato Grosso. “Já está programado um leilão de 50 mil toneladas de estoque público do milho para sexta-feira (5)”, ressalta o portal.

 

 

 

NA IMPRENSA

ANAC – Alteração de regra inspeção de segurança contra atos de interferência ilícita está em audiência pública

 

Embrapa – Adoção de princípios básicos pode alavancar produção de milho, diz relatório da Embrapa

 

Embrapa – Pesquisa apresenta quais são os desafios da cultura da Nogueira-Pecã

 

Embrapa – Congresso Brasileiro de Agroinformática vai discutir internet das coisas

 

Embrapa – Articulações com produtores abrem caminhos para novas pesquisas com cana na PB

 

Embrapa – Programa mostra união das empresas na busca pelo melhoramento de pinus

 

Embrapa – Integração lavoura-pecuária-floresta é oportunidade de negócio para produtores brasileiros

 

Embrapa – Produtor de eucalipto deve buscar integração entre etapas do cultivo

 

Embrapa – Gestão e controle de processos também devem estar no radar dos pequenos produtores

 

Embrapa – Coordenador do Grupo Resinas Brasil fala sobre oportunidades para resinagem no Brasil

 

Embrapa – Prosa Rural: compostagem para agricultura urbana

 

Mapa – Tereza Cristina no Nordeste: “A assistência técnica é uma prioridade no ministério”

 

Mapa – Governo vai realizar leilão de estoque de milho em 5 de abril

 

Mapa – Mapa reúne especialistas para discutir aperfeiçoamento da meteorologia agrícola nacional

 

Mapa – Ministra visita cooperativa que é considerada exemplo de sucesso em Alagoas

 

Alesp – Estado anuncia volta de voos comerciais a Franca

 

Câmara dos Deputados – Governo decide bloquear quase R$ 35 bi em despesas do Orçamento de 2019

 

Câmara dos Deputados – Comissão da MP 867 deve votar seu plano de trabalho na próxima quarta-feira

 

Correio Braziliense – Colisão com aves impede decolagem de voo no aeroporto de Recife

 

Correio Braziliense – Manutenção de luzes de aeronave assusta passageiros

 

Correio Braziliense – Infraero reduz prejuízo líquido para R$ 687,6 mi em 2018 (R$ 1,83 bi em 2017)

 

Correio Braziliense – Petrobras: política de preços dos combustíveis pode variar, dependendo do governo

 

Folha de S. Paulo – Painel S.A. – Assembleia da Avianca com credores é cancelada por falta de quórum

 

Folha de S. Paulo – Painel S.A. – Ferrogrão deve ficar pronta para licitação até setembro

 

Folha de S. Paulo – Analistas temem nova paralisação de caminhoneiros

 

Folha de S. Paulo – Marcelo Leite – Ministro cogita criar novo sistema de desmatamento

 

G1 – Cooxupé divulga exportação de 3,92 milhões de sacas de café em 2018

 

G1 – SC deve produzir mais de 1 milhão de garrafas de vinho em 2019

 

G1 – Preço baixo do café conilon preocupa agricultores antes mesmo da colheita

 

G1 – Sul do Maranhão deverá colher 15% menos soja por conta do clima

 

G1 – Intoxicação por agrotóxicos pode levar à cegueira e até à morte; conheça histórias de vítimas

 

G1 – FCStone eleva previsão para safra de soja do Brasil a 115,7 milhões de toneladas

 

G1 – Brasil registra 40 mil casos de intoxicação por agrotóxicos em uma década

 

G1 – Viracopos: uma em cada 3 ações para desapropriar entorno espera desfecho judicial, afirma Infraero

 

O Estado de S. Paulo – MP pede abertura de inquérito policial contra dono da Avianca

 

O Estado de S. Paulo – Embraer cita Brexit como risco para a indústria da aviação global

 

O Estado de S. Paulo – ‘Não sabemos quando a discussão da cessão onerosa será concluída’, diz Petrobras

 

O Estado de S. Paulo – Costa Rica deve abandonar uso de combustíveis fósseis até 2050

 

O Estado de S. Paulo – Cacau avança na região amazônica de Roraima

 

O Estado de S. Paulo – Fronteira agrícola além da Linha do Equador

 

O Estado de S. Paulo – Coluna do Estadão – Reforma da Previdência deve avançar, apesar de Bolsonaro

 

O Estado de S. Paulo – Governo brasileiro negocia investimento da Petrobrás em leilão em Israel

 

O Estado de S. Paulo – Petrobrás pode participar de leilões em Israel

 

O Estado de S. Paulo – ‘Bolsonaro, detenha destruição da Amazônia’, pede Greenpeace em Jerusalém

 

O Globo – Aérea norueguesa faz voo Rio-Londres com tarifas 45% mais baixas que a média

 

Valor Econômico – Vendas de etanol hidratado bateram recorde para mês de fevereiro

 

Valor Econômico – Coopercitrus prevê crescimento menor em 2019

 

Valor Econômico – Estoques pesam sobre preços dos grãos

 

Valor Econômico – Grupos de trabalho vão definir critérios para “climate bonds”

 

Valor Econômico – Resultados da safra 2018/19 superam expectativas da AgBiTech Brasil

 

Zero Hora – Quais são os desafios para a gestão no meio rural

 

Zero Hora – Gisele Loeblein – Qual o custo de cada veredito negativo para Bayer

 

__________________________________________________________________________________________

 

 

 

O Boletim NK, produzido pela NK Consultores Relações Governamentais, é uma compilação das principais notícias publicadas em meios de comunicação do país sobre temas ligados ao setor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.