INTO COMEÇA AS CIRURGIAS ORTOPÉDICAS 3D PELO SUS

//INTO COMEÇA AS CIRURGIAS ORTOPÉDICAS 3D PELO SUS

Uma impressora que gera moldes e guias em 3D para a implantação mais precisa de próteses e a substituição de membros amputados está revolucionando o centro cirúrgico do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), unidade do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. É o que informa o site do Ministério da Saúde. Os primeiros beneficiados são os pacientes com artroses de ombro do instituto, referência no Sistema Único de Saúde (SUS), que em 2016 realizou 9.159 cirurgias de todas as especialidades. Ao tornar mais precisas e ágeis as cirurgias, o Into prevê a redução mais rápida da espera cirúrgica. Especialistas do Into já se preparam para substituir também braços, pernas e pés amputados, inclusive de crianças. “O equipamento que permite essa evolução foi doado ao Into por um profissional ligado à Nasa, agência espacial dos Estados Unidos. As artroses, primeiro problema ortopédico que começa a ser solucionado com a tecnologia 3D no Into, geram dores intensas e respondem pela maior demanda cirúrgica atualmente no instituto. A fila do Into é dinâmica, na qual todos os dias ingressam novos pacientes via sistemas estadual (SER) e municipal de regulação (Sisreg), além da Central Nacional de Regulação de Alta Complexidade (CNRAC)”, afirma a publicação.

ANS e Anvisa iniciam parceria de cooperação técnica

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) assinaram na terça-feira (15) um Acordo de Cooperação Técnica. A iniciativa é inédita e tem como objetivo facilitar a coordenação e articulação entre as agências, visando ao aperfeiçoamento da atuação das instituições. De acordo com o portal da ANS, dentre as ações previstas, estão a realização conjunta de estudos e pesquisas, o compartilhamento de bancos de dados e pareceres técnicos, apoio operacional e desenvolvimento de ações e eventos, entre outras ferramentas que farão parte do plano de ações. Para o diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, a parceria representa o fortalecimento do trabalho em conjunto entre as agências, que poderão desenvolver, por exemplo, estudos sobre impactos econômicos nas áreas de atuação. “Com a oficialização, as agências vão iniciar a elaboração conjunta de um Plano de Trabalho, a ser proposto e aprovado pelas equipes técnicas das duas reguladoras. O Acordo de Cooperação Técnica tem um prazo inicial de cinco anos, podendo ser prorrogado no futuro”, diz o texto.

Reclamações sobre planos de saúde marcam sabatina de indicado à direção da ANS

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou na quarta-feira (16), por unanimidade, a indicação, feita pelo governo federal, do servidor de carreira Rodrigo Rodrigues de Aguiar para a direção da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A indicação segue com pedido de urgência para votação do Plenário do Senado. O portal do Senado Federal destaca que a sabatina de Aguiar foi marcada por questionamentos e reclamações de internautas e de senadores quanto à prestação de serviços pelos planos de saúde. A presidente do colegiado, Marta Suplicy (PMDB-SP), leu diversas perguntas encaminhadas ao indicado por meio do portal e-Cidadania. Marta Suplicy afirmou que o “ponto fulcral” de tantas reclamações dos consumidores quanto às operadoras é o sentimento de que, na prática, essas empresas não honram a prestação de serviços prometida quando da aquisição do pacote. Aguiar também condenou essa prática do mercado da saúde, mas observou que a ANS não tem poder para regular a atuação médica. Para mitigar o problema, informou ele, o órgão regulamentou um procedimento chamado de “garantia do atendimento”, estabelecendo prazos mínimos ao setor. Em resposta à senadora Ana Amélia (PP-RS), o servidor também informou que a ANS firmou acordos de cooperação técnica com o Ministério Público, a Defensoria Pública e órgãos do Poder Judiciário, buscando reduzir o impacto da judicialização na área da saúde suplementar.

Cientistas criam exame de sangue capaz de detectar câncer precocemente

Numa tentativa de detectar o câncer precocemente e de uma forma não invasiva, cientistas do Centro Kimmel para o Câncer, da Universidade Johns Hopkins, EUA, desenvolveram um teste que dizem ser capaz de detectar mesmo pequenas quantidades de DNA específico da doença, tendo usado-o para identificar de forma acurada mais de metade dos casos de 138 pessoas que estavam com câncer colorretal, de mama, pulmão ou ovário em estágios iniciais. Reportagem do jornal O Globo destaca que o teste, dizem os cientistas, tem como novidade a capacidade de distinguir o DNA liberado pelos tumores de outros trechos de DNA que podem erroneamente serem identificados como biomarcadores da doença. Artigo sobre a pesquisa, feita no sangue e em amostras de tecidos de tumores de 200 pessoas com câncer em diversos estágios nos EUA, Dinamarca e Holanda, foram publicados no periódico científico “Science Translational Medicine”. Exames de sangue para o câncer são um aspecto crescente da oncologia clínica, mas eles ainda estão nas fases iniciais de desenvolvimento. “O objetivo principal dos cientistas era desenvolver um exame que fosse altamente específico para detectar o câncer enquanto, ao mesmo tempo, tivesse um menor risco de dar resultados “falso positivos” que frequentemente levam a mais exames e tratamentos desnecessários”, enfatiza parte da reportagem.

SAÚDE NA IMPRENSA

 

Ministério da Saúde – Hospitais Federais no Rio de Janeiro recebem avaliação positiva dos pacientes

Ministério da Saúde – Into começa as cirurgias ortopédicas 3D pelo SUS

ANS – ANS e Anvisa iniciam parceria de cooperação técnica

ANS – Agência e grandes contratantes de planos de saúde reúnem-se para discutir regulação

ANS – Sala de Situação é atualizada com dados de julho

Anvisa – Mulheres com hepatite C: atenção aos anticoncepcionais

Conitec – Abertas seis novas consultas públicas

Fiocruz – Pesquisador da Fiocruz é eleito presidente de entidade ligada a história da ciência

Fiocruz – Inscrições para o Processo Seletivo 2018 da Escola Politécnica estão abertas

Inca – O STF, o veneno sabor mentol e a saúde dos nossos jovens

Inca – AGU defende veto a cigarro com sabor

Hemobrás – Hemobrás participa da feira HospitalMed

Tecpar – CURSO PROMOVE A FORMAÇÃO DE AUDITORES E INSPETORES NO SISTEMA ORGÂNICO DE PRODUÇÃO

Câmara dos Deputados – Ministro da Saúde apresenta contas do SUS à Comissão de Orçamento

Câmara dos Deputados – Comissão promove debate para esclarecer sobre disfunção temporomandibular

Câmara dos Deputados – SUS não tem recursos suficientes para atender demanda por aparelhos auditivos, diz Ministério da Saúde

Câmara dos Deputados – Comissão especial aprova PEC que fixa regras para o pagamento dos agentes comunitários de saúde

Câmara dos Deputados – Frente parlamentar tenta garantir fábrica da Hemobrás em Pernambuco

Câmara dos Deputados – Câmara aprova exigência de que produtos ópticos sejam certificados

Senado Federal – Maria do Carmo defende direitos dos portadores de doenças raras

Senado Federal – João Alberto pede mais postos para hemodiálise no Maranhão

Senado Federal – Pedro Chaves comemora os 100 anos da Santa Casa de Campo Grande

Senado Federal – Humberto Costa comemora permanência de fábrica da Hemobrás em Pernambuco

Senado Federal – Reclamações sobre planos de saúde marcam sabatina de indicado à direção da ANS

Veja – A má gestão da saúde pública

Folha de S.Paulo – Cigarro com baixo teor de maconha vira sucesso e causa debate na Suíça

O Globo – Cientistas criam exame de sangue capaz de detectar câncer precocemente

O Globo – Imunoterapia experimental pode ter curado alergia a amendoim

O Globo – Levantamento mostra alta incidência de ferimentos na depilação

Correio Braziliense – Bactérias presentes no intestino contribuem para a propagação do Aedes

O Estado de S.Paulo – AGU se posiciona contra descriminalização irrestrita da maconha para fim medicinal

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »