​REMÉDIOS CAUSAM IMPASSE EM NEGOCIAÇÕES COM A EUROPA

//​REMÉDIOS CAUSAM IMPASSE EM NEGOCIAÇÕES COM A EUROPA

Uma proposta da União Europeia para ampliar a proteção de patentes em um eventual acordo comercial com o Mercosul poderia colocar sérias dificuldades para a sobrevivência financeira do SUS. O alerta faz parte de um estudo realizado por pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fiocruz. Ao Estadão, membros do Itamaraty confirmaram que esse é um dos temas “pendentes” nas negociações com a Europa e que resta a saber como poderá haver um consenso. Pela proposta da Europa, caberia ao Mercosul ampliar o tempo de proteção às patentes de remédios. “O levantamento mostra que as novas regras apresentadas pela Europa acabariam gerando um maior custo para o estado, com uma conta mais alta a pagar na compra de remédios que hoje são disponibilizados no SUS”, enfatiza a reportagem.

Países em desenvolvimento perdem 46 bilhões de dólares em produtividade por câncer

A morte precoce por câncer nos países em desenvolvimento é uma tragédia econômica na ordem de dezenas de bilhões de dólares, revela um estudo publicado na revista Câncer Epidemiology. O portal do Inca destaca que a pesquisa revela que o custo total da perda de produtividade devido à mortalidade prematura de câncer no Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul foi de 46,3 bilhões de dólares. Em relação à obesidade, as taxas crescentes no Brasil indicam uma perda de produtividade de até 126 milhões de dólares por ano. “Para os pesquisadores, o controle do tabagismo, programas de vacinação e de rastreamento do câncer, com acesso a um tratamento adequado, gerariam ganhos tanto para a saúde pública como para o desempenho econômico dos países BRICS”, frisa parte do estudo.

Projeto busca conscientizar a população sobre malformações faciais

A Assembleia Legislativa aprovou medida que cria a Semana Estadual de Educação, Conscientização e Orientação sobre a Fissura Lábio-Palatina. É o que informa o portal da Alesp. A ideia é que o evento ocorra anualmente, com a promoção de atividades educativas e preventivas a fim de difundir conhecimento e aumentar a consciência da população a respeito do problema. O programa visa capacitar servidores públicos estaduais para as ações de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação de pacientes com essa malformação. “De acordo com a justificativa do projeto, a fissura labiopalatal é uma das principais deformidades faciais, e tem causa em fatores hereditários. Com o diagnóstico precoce, é possível fazer uma orientação adequada aos pais ainda durante o pré-natal”, afirma a publicação.

Como funciona o algoritmo capaz de prever ataques cardíacos em pacientes

A FDA, agência americana que regula os setores de medicamentos, acaba de aprovar o primeiro algoritmo que prevê mortes repentinas por episódios cardiorrespiratórios. De acordo com o G1, trata-se de um software que analisa os dados de pacientes monitorados em hospitais e calcula o risco de eles virem a sofrer um ataque cardíaco ou uma falha respiratória. O algoritmo detecta um desses episódios até seis horas antes de sua ocorrência e alerta médicos e enfermeiros. O sistema, batizado de Plataforma Clínica WAVE, cruza toda a informação e “antecipa padrões nas informações que não são reconhecidas pelo olho humano”. “Por meio de um aplicativo de celular, tablet ou computador, a equipe de saúde dos hospitais pode acessar esses dados em tempo real”, diz a notícia.

SAÚDE NA IMPRENSA
Ministério da Saúde – CARNAVAL: Vacina contra febre amarela deve ser aplicada 10 dias antes da viagemMinistério da Saúde – Municípios do Paraná recebem recursos para fortalecer a assistência hospitalar

Ministério da Saúde – Ministro da Saúde visita Hospital das Clínicas de Curitiba (PR)

Ministério da Saúde – Núcleo do Ministério da Saúde sediou primeira reunião do ano da Comissão Coordenadora Estadual do Mais Médicos no RN

Ministério da Saúde – Profissionais do 6º Ciclo têm até fevereiro para prorrogar participação no Mais Médicos

ANS – Ao completar 18 anos, ANS faz balanço e projeta próximas ações

Anvisa – SNGPC apresenta problemas operacionais

Anvisa – Dicol analisa Boas Práticas em Células

Fiocruz – Leite materno garante a hidratação de bebês

Fiocruz – Entrevista: pesquisador fala sobre vacina fracionada de febre amarela

Fiocruz – Lançada nova edição da revista ‘Ciência e Saúde Coletiva’

Inca – Países em desenvolvimento perdem 46 bilhões de dólares em produtividade por câncer

ALESP – Projeto busca conscientizar a população sobre malformações faciais

Câmara dos Deputados – Projeto mantém isenção de IR para aposentado com doença grave sem sintomas

Correio Braziliense – Excesso de sal bloqueia fluxo de sangue no cérebro, indica pesquisa dos EUA

Folha de S.Paulo – Como o vício em smartphones tem acabado com os bons modos

Folha de S.Paulo – Suzana Herculano-Houzel: Retina humana é muito melhor do que uma câmera

G1 – O distúrbio que leva uma mulher a conviver com cinco vozes em sua cabeça

G1 – Hospital Universitário da UFPB descarta suspeita de febre amarela em João Pessoa

G1 – Homem morre ao ser ‘sugado’ por túnel de ressonância magnética em hospital

G1 – Como funciona o algoritmo capaz de prever ataques cardíacos em pacientes

O Estado de S.Paulo – Remédios causam impasse em negociações com a Europa

O Estado de S.Paulo – SP confirma 60 mortes por febre amarela desde janeiro de 2017

O Estado de S.Paulo – Nova vacina contra febre amarela está em análise na Fiocruz

O Globo – Irlanda anuncia referendo para decidir sobre legalização do aborto

Zero Hora – Governo do RS anuncia repasse de R$ 176 milhões a hospitais

Zero Hora – Funcionários da Saúde realizam protesto em Sapucaia do Sul

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.